segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

ALMA PURA


Imagem: Bellissime Immagini

ALMA PURA


Ó alma pura em tão pálido rosto!...
Ocultada no vil rubor de um manto…
Cerrais os teus olhos no etéreo mosto,
Cantando ternos versos do meu pranto!…

Lá no alto, erguida... Ó alma que ora!...
Curvada. Nos Céus, eleva, esquecida…
Essência solta pelo cosmos fora,
Veios d´amor e ternura sentida!…

Crendo desta vida a temperança…
De jamais ver morrer toda a esperança
Que um belo dia o Universo viu nascer:

Prós tristes e pobres, a real magia…
Para todos os caminhos, a alegria…
De um novo mundo em seus olhos ver!...

Helena Martins