terça-feira, 4 de novembro de 2014

NAMORANDO


Pintura de José Malhoa


“NAMORANDO”


Depois de um beijo no orvalho da manhã
Começaste a correr por todo o vale amor,
Com o teu suave volátil perfume de flor
Que a aragem leva e só o traz amanhã!

Lá se foi o teu belo aroma: perdi-o voou!
Não há frinchas nos muros nem no chão;
Pelas portas também o olor não passou,
E por cima de certeza que também não!

E foi para que o meu desejo te persiga,
Que te puseste a correr e a rir, rainha,
Pelos campos onde o loiro trigo espiga,
E onde verdeja alegremente a vinha!

Mas corre, corre por todo o vale em flor
Sobe aos pulos e às risadas a colina bela
Porque eu serei o caçador, e tu a gazela.

E depois, quando ficares bem cansada amor
Vou-te alcançar minha querida, amiga minha,
E ficarás em mim enlaçada minha rainha!

Alfredo Costa Pereira