segunda-feira, 19 de setembro de 2016

CORAÇÃO VAGABUNDO





"CORAÇÃO VAGABUNDO"


Coração, meu irmão intransegente,
que temas em seguir o teu caminho,...
esquecendo às vezes que sou gente
que pensa, sente e sofre sem carinho.
 
Ao meu querer tu és indiferente,
em cada caminhada um espinho,
porque hei - de eu de ti ser dependente
e não posso na vida ir sózinho?
 
Tu que sempre guardaste os meus segredos,
de tantas aventuras e degredos,
resquícios de uma vida amargurada.
 
Aonde me levas tu meu coração,
de mim nunca tiveste compaixão,
pois sabes que eu sem ti, nunca fui nada!
 
Abílio Ferradeira de Brito