terça-feira, 27 de outubro de 2015

O DIÁLOGO AO UNIVERSO EM DIVA CANÇÃO


Imagem - Joli COEUR


O DIÁLOGO AO UNIVERSO EM DIVA CANÇÃO


Há palavras que não consigo exprimir;
Sentimentos que trago ao pendurão
Neste meu solitário coração
Que ainda vive saudades a devir;

Olhares que me assoleiam pelas manhãs
Entardecem meu ser, que ainda sonha
Ouvir as palavras que habitam vãs
Pela alma, destino que move a montanha!

Há um universo que me quer extinguir;
Saudações que crescem ao pendurão
Neste meu solitário coração;

Olhares que inventam a madrugada a fluir
Resplandecem meu ser, quais ainda são
O diálogo ao universo em diva canção.

© RÓ MAR