quarta-feira, 29 de outubro de 2014

SUBIR NA VIDA

Images C1N216ZU.jpg



SUBIR NA VIDA


Nascemos a pisar o degrau zero,
Da escada que nos dão como futuro…
Caminho a percorrer agreste e duro,
Às vezes no limite, o desespero!

Cada degrau às vezes, é um muro,
A ser ultrapassado pelo esmero,
E uma voz interior que diz: eu quero!
Eu hei-de subir mais, eu aventuro!

Ali ao lado, alguém nasceu diferente,
Não sobe a escada igual a toda a gente,
Um certo elevador o apadrinhou…

Subir na vida a pulso é um diploma!
É das várias vivências uma soma!
É um sobrevivente que lutou!... 

José Manuel Cabrita Neves