sexta-feira, 19 de setembro de 2014

CHUVA DE SETEMBRO 2014



Imagem retirada de SIC -notícias 


“ CHUVA DE SETEMBRO
2014”


Chora o vento na tapada
Debaixo de uma aguada,
Nos ramos dos pinheiros
Batidos pelos aguaceiros.

Chuva fria, como a neve
Que não bate ao de leve,
Batendo forte na vidraça,
Sem leveza e sem graça!

Destroem-se as culturas,
Uvas já sem as videiras
Retirando vida às feiras!

Assim foi este Setembro
Perderam-se agriculturas
Mais pareceu Novembro!

Alfredo Costa Pereira