sexta-feira, 18 de abril de 2014

AS ABELHAS

 
AS ABELHAS
 
Pousando aqui e além de flor em flor,
Seleccionando os pólenes melhores,
Pela sua doçura, os seus sabores,
Do amanhecer até o sol se pôr…
 
São estes operários voadores,
Que obedecendo à mestra superior,
Como a formiga, unidos no labor,
Fabricam o doce mel cheirando a flores!
 
Porque o inverno é longo, o seu celeiro,
São os favos de mel que fabricaram,
Durante o verão florido e soalheiro!
 
Tal qual como um imposto, lhe tiraram
A maior parte desse mealheiro,
Para o qual elas tanto trabalharam!
 
José Manuel Cabrita Neves