quinta-feira, 24 de abril de 2014

NO MUNDO DA LUA


 
NO MUNDO DA LUA

Planície do paraíso que se devora
Na noite, tule branco que se eleva
Ao magistral luar, lua cheia, ogiva...
Lilás, giz de amor, que se enamora.

Nas saudades voam-se as asas
Da madrugada, o semi- crepúsculo
Se faz luz nos beijos de sonho, óculo
De folhos que se deleita nas muralhas.

Ai, amor por que amuas quando
As nuvens se elevam, dá-te às claras
Janelas do coração, um mundo.

Quanta vez for necessário, o luar
Será lilás, azul também, giz de larvas
Que se conquistam pelos ares do amar.

® RÓ MAR