terça-feira, 22 de abril de 2014

POESIA

 
POESIA

Que no amor exista poesia,
Isso é tão natural, quanto verdade!
Que também ela exista na saudade,
Confirma o coração em nostalgia…

Intrínseca, que está na liberdade,
Liberta em rimas toda a rebeldia!
Da Natureza, espelha a alegria,
Que de flores e aromas nos invade…

Porém na própria morte e sofrimento,
Ou outras situações, porque aberrantes,
Não teriam em poemas cabimento!...

Mas os poetas, esses seres pensantes,
São eles a poesia em sentimento,
Em que tudo os inspira e põe vibrantes!...

José Manuel Cabrita Neves