domingo, 29 de junho de 2014

ÍRIS QUE PLANTARAM O AMOR


Imagem - Voyage au coeur de l'Art - Travel to the heart of the Art


ÍRIS QUE PLANTARAM O AMOR


Deitei-me à madrugada do teu olhar
Sonhei pelo almofadado do luar…
Arco-íris e tais as constelações
Que a noite semeou novos corações!

Folheei estrelas, uma a uma, e li quanto amor
Que o ventre amanheceu pelo seu louvor!
Te percorri pela noite, alma minha,
Te beijei à madrugada pelo que sonha.

Embriagada ao magnânimo…que olhar!
Li o que a tua boca não queria dizer
E enleei-me à noite até ao amanhecer.

Foram estrelas… de um quarto minguante;
Tantos olhares de lua cheia! Semblante
Lúdico, íris que plantaram o amor.

® RÓ MAR