domingo, 18 de maio de 2014

OPÇÕES DE VIDA






OPÇÕES DE VIDA



Nasci, sonhei, vivi, sem entender,
A vida tal qual é, sempre a mudar…
Os dias se passavam sem saber,
Se soube dela tudo aproveitar?

A dúvida na hora de escolher,
O caminho melhor para alcançar,
A forma mais feliz de se viver,
Me deixava perplexo a pensar…

Cheguei até aqui, sendo o que sou!
Deixando algumas portas por abrir,
Porque algo lá dentro me assustou…

Não quis aventurar a descobrir,
O que a vida escondia e não mostrou,
Deixando que fosse ela a decidir!...

José Manuel Cabrita Neves