quinta-feira, 10 de julho de 2014

OS NOSSOS BEIJOS

 
Pintura de Claude Monet
 

 

“OS NOSSOS BEIJOS”

 
Natureza: conta-me todos os teus segredos,
Porque já não entendo a voz dos arvoredos,
Esqueci-me onde os pardais faziam o ninho
E também não me recorda aquele caminho,
 
Que terminava num lago grande, simpático,
Onde vivia um belo cisne branco e extático.
Embora grande, mostrava a leveza singular
De uma pena a voar, de um sonho a flutuar.
 
Natureza: conta-me agora, os teus desejos:
“Desejava tornar ouvir um rumor de beijos
Sobre a erva macia dos campos e relvados,
 
Onde se beijavam uns pares de namorados.
E tenho ainda o desejo de, vestida de seda,
Ver-vos a beijar sob a glicínia da alameda.”
 
Alfredo Costa Pereira